300 milhões de crianças sofrem “disciplina violenta” regularmente, diz a UNICEF

MORTE E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA, ESCOLAR E SEXUAL

300 milhões de crianças sofrem “disciplina violenta” regularmente, diz a UNICEF

Um relatório publicado a passada sexta-feira pela UNICEF, Um rosto familiar: A violência na vida de crianças e adolescentes, revela que as crianças e adolescentes “vivenciam a violência em todas as fases da infância e da adolescência, em diversas configurações, e frequentemente pelas mãos de pessoas em quem confiam e com quem interagem diariamente”. As maiores taxas de mortes registam-se na Síria (327,4 para cada 100 mil pessoas da mesma faixa etária)


Estudantes de Mississippi necesitarán permiso dos pais para ler ‘To kill e mockingbird’

PROHIBIDO NAS ESCOLAS DE VARIOS ESTADOS

Estudantes de Mississippi necesitarán permiso dos pais para ler ‘To kill e mockingbird’

A principios deste mes, The Sun Herald informou que as autoridades educativas retiraran a novela To kill e mockingbird (É pecado matar un rouxinhol, na versión portuguesa), o clásico de Harper Lee sobre o racismo no sur de Estados Unidos, do plano de estudos do equivalente a segundo curso de secundaria alegando que a linguaxe utilizada “incomoda á xente”. Agora os estudantes da cidade de Biloxi (Mississipi) poderán finalmente lelo con permiso dos pais (sic).


Indesejáveis: os muçulmanos rohingya que escaparam da limpeza étnica em Myanmar

CERCA DE 1,3 MILHÃO DE ROHINGYAS VIVEM NO LIMBO

Indesejáveis: os muçulmanos rohingya que escaparam da limpeza étnica em Myanmar

Isolados, apátridas, indesejáveis, eles são os cidadãos de país nenhum. Myanmar e Bangladesh empurram um para o outro o destino dessa população, mesmo quando o exército de Myanmar deixa um recado bem claro para todos os rohingyas que o país já não esteja estuprando ou assassinando: “Vão embora e não voltem mais”. Eles então fogem de seus vilarejos até a fronteira com o estado de Rakhine, seu último refúgio em Myanmar.


Que sexan retirados cargos a dous defensores de dereitos humanos palestinos!

CHAMADO URXENTE DE AMNISTÍA INTERNACIONAL

Que sexan retirados cargos a dous defensores de dereitos humanos palestinos!

Os defensores palestinos dos dereitos humanos Farid ao-Atrash e Issa Amro compareceron en vistas xudiciais ante o tribunal militar israelí de Ofer o 29/10 e o 05/11. Formuláronse cargos contra ambos pola súa participación nunha marcha pacífica de protesta organizada o 26/02/2016 por activistas palestinos e veciños do lugar na Cidade Vella de Hebrón, no territorio ocupado de Cisxordania. Amnistia chama a acción global urxente para que lles sexan retirados os cargos.


Lanzan petición para que sexa inhabilitada a xuíza Carmen Lamela

POR "ACTO INXUSTO E DESPROPORCIONADO"

Lanzan petición para que sexa inhabilitada a xuíza Carmen Lamela

“Isto é unha cuestión de liberdade e de Estado de Dereito: a prisión é un último recurso, é excepcional e debe ser utilizado minimamente. Un xuíz que se extralimita e utiliza o seu poder para exercelo de forma autoritaria, non é unha ameaza só para os ex consellers, é unha ameaza para toda as persoas”, afirma Luchi Alejos na petición que abriu en Change hai apenas tres días e ten a estas alturas máis de 160.000 sinaturas. Ver e apoiar o texto.