32 PESSOAS MORTAS, 837 FERIDAS, CENTENARES PRESAS

Notas internacionais: Um resumo da situação pós-golpe na Bolívia

Notas internacionais: Um resumo da situação pós-golpe na Bolívia

Golpe se consumou com o financiamento pelos EUA de generais de alta patente, derrubada do sistema de comunicações telefônicas, bloqueio da imprensa, repressão policial, ousadia de um empresário fundamentalista religioso e instrumentalização da OEA. A autodenominada presidente emitiu decreto eximindo de responsabilidade penal os militares que atuam contra as manifestações, o mesmo dia em que 9 manifestantes foram mortos em Cochabamba.


Ler mais...

CONFLITO DE INTERESSE QUE A JUÍZA OCULTA ILEGALMENTE

As ligações da juíza de Julian Assange e do seu marido com o establishment militar britânico

As ligações da juíza de Julian Assange e do seu marido com o establishment militar britânico

A Sra. Arbuthnot, começou a presidir o processo legal de Assange em 2017 e em Fevereiro considerará o pedido de extradição dos EUA. Quando estava no seu cargo anterior, como juíza distrital em Westminster, beneficiou-se pessoalmente de financiamentos de duas fontes expostas pelo WikiLeaks nas suas divulgações de documentos. A lei británica exige aos juízes declararem quaisquer potenciais conflitos de interesses aos tribunais, mas parece que Lady Arbuthnot não o fez.


Ler mais...

17 MILHÕES, 5 MILHÕES TÊM MENOS DO QUE 5 ANOS

Quase metade das pessoas deslocadas internas no mundo são crianças

Quase metade das pessoas deslocadas internas no mundo são crianças

Entre os 17 milhões de crianças deslocadas, forçadas a abandonar a sua casa por guerras ou outras crises, mantendo-se no país de origem, cinco milhões têm menos do que 5 anos. Metade destas crianças está na região da África subsaariana. República Democrática do Congo, Colômbia, Somália, Afeganistão, Nigéria, Iémen e Etiópia têm cada um mais de um milhão de menores deslocados internos. No mundo inteiro, a Síria é o país mais afetado, tendo 2,2 milhões.


Ler mais...

AS SOSPEITAS APUNTAN Á PROPIA POLICÍA

“La Mimo”: a artista que apareceu pendurada a medio da represión en Chile

“La Mimo”: a artista que apareceu pendurada a medio da represión en Chile

O Sindicato Nacional Interempresa de Actores y Actrices de Chile “esixe xustiza” polo falecemento de Daniela Carrasco, coñecida como “La Mimo” e o colectivo feminista #NiUnaMenos-Chile denuncia que a moza “foi ultraxada, torturada e asasinada”. A última vez que foi vista era arrestada por carabineros e horas máis tarde apareceu pendurada dunha reixa nunha praza. A súa morte prodúcese a medio da forte represión policial e militar que conmove o Chile.


Ler mais...

ALERTA SOLIDÀRIA APUNTA A ADMINISTRACIÓN DE XUSTIZA

Filtracións Sumario CDR: Investigan xornalistas e non buscan filtradores no aparato do estado

Filtracións Sumario CDR: Investigan xornalistas e non buscan filtradores no aparato do estado

O titular do xulgado de instrución número 41 de Madrid, Juan Carlos Peinado, citou como investigados 12 xornalistas polas filtracións do sumario dos sete CDR encarcerados na Operación Judas. Alerta Solidària apunta que podería terse cometido un delito contra a administración pública e pede que se investigue se as filtracións procedían do ministerio do Interior. Asociacións de xornalistas denuncian que a decisión do xuiz vulnera o dereito á libre e veraz información.


Ler mais...

PARA DESPEXAR O ACAMPAMENTO DA PRAZA DA UNIVERSIDADE

Anti-disturbios da Guàrdia Urbana de Barcelona exercen funcións de orde pública

Anti-disturbios da Guàrdia Urbana de Barcelona exercen funcións de orde pública

Apesar da promesa do goberno municipal de Barcelona no seu primeiro mandato de disolver as UPAS -en todo caso, retiralles as funcións de orde pública- esta mañana os axentes despexaron as 70 persoas que permanecían acampadas na praza Universitat. Os axentes carregaron contra os manifestantes e detiveron dúas persoas. O Centre per la Defensa Drets Humans Irídia denunciou que non ían ben identificados “por diante e por detrás de maneira visíbel e clara”.


Ler mais...

O RASTRO DE DESTRUIÇÃO DEIXADO PELA INVASÃO EUA-RU

Intercept: Vazamento inédito revela os detalhes da espionagem do Irã no Iraque

Intercept: Vazamento inédito revela os detalhes da espionagem do Irã no Iraque

O Intercept começou a publicar na passada segunda-feira uma série de reportagens sobre o maior vazamento de documentos da história sobre o funcionamento das organizações de espionagem do Irã. Uma fonte anônima enviou um arquivo com mais de 700 páginas de telegramas do Ministério da Inteligênca e Segurança do Irã, o MOIS, que revelam detalhes sobre ações de espionagem e interferência política no Iraque e outros países da região


Ler mais...

REABERTAS A ÚLTIMA VEZ EM MAIO DESTE ANO

A Procuradoria da Suécia suspende investigações de estupro contra Julian Assange

A Procuradoria da Suécia suspende investigações de estupro contra Julian Assange

A Procuradoria da Suécia informou nesta terça-feira que vai encerrar as investigações de uma acusação de estupro contra Julian Assange. A Suécia já tinha arquivado, há dois anos, as investigações do suposto caso denunciado em 2010. No entanto, em maio de 2019, elas foram reabertas. Agora vão ser novamente encerradas porque ‘a memória das testemunhas têm ficado mais fraca devido à distância de 10 anos de quando o crime teria sido cometido.’


Ler mais...

COM RISCO DE CAÍREM NO ÂMBITO DA “LEI DOS BISBILHOTEIROS”

Parlamento europeu sequestra secretamente dados das pessoas que o visitam

Parlamento europeu sequestra secretamente dados das pessoas que o visitam

Quando estão em jogo a protecção da privacidade dos cidadãos e a preservação dos seus dados pessoais por instituições da UE o melhor é recorrer à máxima “faz o que elas dizem, não faças o que elas fazem”. Um visitante do Parlamento Europeu que caia na asneira de recorrer ao wi-fi da instituição terá as suas informações de Internet sequestradas secretamente por seis meses ou mesmo partilhadas com interesses privados nada recomendáveis.


Ler mais...

EN DESTAQUE

  • A 20 de novembro comemórase um duplo aniversario que pretende alertar e sensibilizar para os dereitos das crianzas de todo o mundo: proclamación da Declaración dos Dereitos da Crianza (1959) e adopción da Convención sobre os Dereitos da Crianza pola Asemblea Xeral da ONU (1989). En EsCULcA comemoramos o día festexando a edición dun libro que acaba de sair do prelo para as iniciar no coñecemento e reivindicación deses dereitos: Teño Dereitos, de Miguel Robledo (Ed. Aira Editorial).

OPINIÓN

  • Enquanto os índios recolhem os corpos de dezenas de assassinados a bala, seus carrascos materiais e morais defendem que essas ações foram para ”defender a democracia”. Na verdade, eles são conscientes de que o fazem para recuperar e proteger seus privilégios de casta, a força dos seus sobrenomes.

  • Era unha vez un grande home, un pouco estraño para algúns, mais co desexo de dar a coñecer a verdade sobre o mundo en que vive. Chámase Julian Assange e naceu o 3 de xullo de 1971 na Australia. É un cibermilitante, un home brillante que descobre que a fenda é demasiado grande entre a realidade do mundo político e a información coñecida polos cidadáns.

  • E agora chega nada menos que a Vice-presidente e com cara de pau, com total descaramento, ameaça o governo doutro país polo que podam resolver os seus tribunais em justiça sobre a extradição de Puigdemont e os outros acolhidos. Confessa seriamente que aqui os tribunais fariam o que mandasse o governo, pois só um governo que pode impor o seu critério ao poder judiciário pode exigir doutro governo que atue do mesmo jeito.

  • População carcerária feminina explodiu 455% entre 2000 e 2016 com a “guerras às drogas”. Mas fenômeno vem de longe: da privação social domiciliar ou em conventos, às prisões que puniam prostitutas e “ninfômanas”

  • Em 1 de agosto desse ano, a Al Qaws, com o apoio de mais de 200 pessoas, protestou em Haifa, na Palestina, “desafiando a narrativa falsa de ‘proteção’ usada sobre o ‘paraíso gay’ em Tel Aviv, declarando que os homossexuais palestinos não querem ser forçados a procurar refúgio com seus ocupantes.”