Colômbia sob a pressão de “criminosos de paz” – Maurice Lemoine

… os dois homens [Macron e Duque], infelizmente, não tiveram tempo de evocar os 7 milhões de deslocados internos colombianos, nem os 462 dirigentes sociais, comunitários, indígenas, camponeses e defensores dos direitos humanos assassinados no país, de janeiro de 2016 a fevereiro de 2019 (incluindo 172 em 2018), a crer no Provedor de Justiça (Ombudsman) Carlos Negret, nem os 133 ex-guerrilheiros executados (assim como 34 membros das suas famílias), depois de haverem deposto as armas, confiantes na palavra do Estado


Relatório ONU: “Actuação de Israel para com o povo palestino e a questão do «apartheid»”

O relatório, elaborado por Virginia Tilley e Richard Falk, mostra que Israel estabeleceu um regime de apartheid que domina o povo palestino como um todo. Conscientes da gravidade desta alegação, a autora e o autor concluem que as provas disponíveis demonstram, para além de qualquer dúvida razoável, que Israel é culpado de políticas e práticas que constituem o crime de apartheid como legalmente definido em instrumentos de direito internacional.

Por decisão do Secretário-Geral da ONU, António Guterres, o relatório foi retirado da página oficial, o que levou à demissão de Rima Khalaf, Secretária Executiva da Comissão Económica e Social da ONU para a Ásia Ocidental,


Uma aterradora distopia em construção
Luís Leiria

A combinação de alta tecnologia, capitalismo e regime ditatorial está a construir uma aterradora distopia: um “sistema de crédito social” onde cada um dos 1400 milhões de chineses participará de um ranking nacional, a partir de dados controlados pelo governo, e as suas atitudes farão a sua pontuação subir ou descer.