Para os que ainda credes na xustiza española – Roger Cassany

Levamos meses (ou anos) en que case cada día almorzamos con sentenzas, resolucións ou autos deste tribunal, daqueloutro xulgado ou de non-se-sabe-ben que audiencia. O máster acelerado en dereito e xurisprudencia que tivemos de facer para tentar comprender apenas un chisco do que nos pasa é para medalla.


Assim os impérios cometem suicídio – Chris Hedges

Os Estados Unidos, como Israel, tornaram-se um Estado-pária que ameaça, viola e se afasta do direito internacional. Lançam guerras “preventivas”, que sob o direito internacional são definidas como “crimes de agressão”, baseados em evidências fabricadas.


Gaza é terra inabitável: extermínio em curso – Gideon Levy,

Em 2012, a ONU publicou um relatório prevendo que em 2020 a Faixa de Gaza, na Palestina, seria um território humanamente inabitável se não fossem tomadas medidas para contrariar a situação. Tudo o que aconteceu desde então foi a deterioração das condições que existiam, agravadas pelos massacres militares cometidos regularmente por Israel.


Preguntas belgas – Javier Pérez Royo

A decisión da xustiza belga de deixar sen efecto a orde de detención e entrega ditada polo Xuíz Pablo Llarena contra Carles Puigdemont e Toni Comín após a sentenza do Tribunal de Xustiza da Unión Europea do pasado 19 de decembro era un dato adquirido. Se son deputados europeos, é o Parlamento o que ten que falar en primeiro lugar. Sen a súa autorización expresa non hai nada que facer. As cuestións a que vai ter que dar resposta o Tribunal Supremo e o propio Parlamento Europeo non deixan de crecer.