Uma tela de 17 metros chamada “Relógio da Morte de Trump” foi apresentada na Times Square, em Nova York. A contagem de vidas perdidas por inação do governo foi criada pelo cineasta Eugene Jarecki, que diz:

“Em nome de todos aqueles que perderam desnecessariamente suas vidas para essa liderança fracassada em uma pandemia, precisamos de um símbolo, um símbolo que não apenas clame pela responsabilização, mas também por uma administração mais responsável e ágil em suas respostas, daqui para frente.”

.

.

 

 

Carta Maior